Semana On

Segunda-Feira 14.out.2019

Ano VIII - Nº 367

Cultura e Entretenimento

17ª edição do Arraial de Campo Grande acontece nos dias 13,14 e 15

Toda a programação é gratuita e aberta ao público, sendo que os shows começam a partir das 19h

Postado em 05 de Junho de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Durante os dias 13, 14 e 15 de junho, nove atrações animarão a 17ª edição do Arraial de Campo Grande. No primeiro dia de festa sobe ao palco a dupla campo-grandense Max e Gabriel. Com 15 anos de carreira e um CD gravado, o “De Tudo Um Pouco”, o público confere justamente um mix de estilos no palco.

“Vamos tocar modão, música sul-mato-grossense, bailão, com sucessos de duplas como Jorge e Mateus, João Neto e Cristiano, por exemplo. Vamos também tocar nossas músicas autorais ‘Comigo Não’ e ‘Saia Curta’”, explica Max.

Depois é a vez do grupo mais baileiro da cidade, o Laço de Ouro, que conta com sete CDs gravados e mais de 13 anos de carreira. O grupo que já teve parcerias com Alex e Yvan, Minuano e Xandy Côrrea apresenta os sucessos “Locomotiva do Bailão”, “Faz o L”, “Fazendeiro Mesmo” e “Bailão do Laço”.

Quem encerra a primeira noite da festança é o sertanejo Manutti. Nascido no interior de Mato Grosso do Sul, reproduz um estilo de sertanejo mais jovem e anima a galera com os sucessos “Gasto e Nem Ligo”, “Terra do Nunca” e “Mesa 12”. Com apenas quatro anos de carreira, o rio brilhantense conta com um disco gravado e dois DVDs, e seu hit mais bombado do momento é o “Só Jesus na Causa”, com parceira de Diego e Victor Hugo.

No dia 14 de junho três nomes sobem ao palco: Max Henrique, João Lucas e Walter Filho, e Munhoz e Mariano.

O cantor Max Henrique completa nove anos de estrada, com três CDs e um DVD gravado. O “DVD Ao vivo em Campo Grande” foi gravado no Arraial de Santo Antônio de Campo Grande em 2017.  Os sucessos “Toma Beijinho” e “Viciado em Você”, gravado com Bruninho e Davi, agregam na apresentação.

Já a dupla João Lucas e Walter Filho é conhecida por tocar o sertanejo bruto, com influências bem características da antiga moda de viola entoada por Tião Carreiro e Pardinho, Ronaldo Viola e João Carvalho, e Goiano e Paranaense. Com 13 anos de dupla, passagem por Barretão nos anos de 2009 e 2010, conta com cinco CDS, um DVD Ao Vivo, e EP lançado no início deste ano.

Os responsáveis pelos hits “Camaro Amarelo” vem para somar e fazer o público arrastar o pé com “Beberrão”, “Zé Goré”, “Balada Louca” e “Eu Gosto de Zueira”. Raphael Calux Munhoz Pinheiro e Ricardo Mariano Bijos Gomes, respectivamente Munhoz e Mariano, começaram a tocar em um boteco de Campo Grande e da brincadeira surgiu o amor pela música. Ainda em Campo Grande lançaram o primeiro CD, o DVD ao vivo no Parque de Exposições Laucídio Coelho e foi no programa Garagem do Faustão que alcançaram reconhecimento nacional, levando o 1º lugar do concurso na Rede Globo.

A respeito da apresentação no Arraial, Munhoz comemora: “Estamos de volta na nossa querida cidade morena, nossa terra natal, e as expectativas são as melhores possíveis”.

No último dia de festa é a vez da dupla David e Guilherme, do Brenno Reis e Marco Viola, e do responsável pelo sucesso “Dona Maria”, Thiago Brava, abrilhantarem ainda mais esse Arraial.

David e Guilherme tiveram como pontapé da carreira o momento em que fizeram parte da equipe residente da Woods CG e contam com 8 anos de trajetória. Hoje a dupla toca nas principais casas de shows da Capital e interior de Mato Grosso do Sul. Em Novembro de 2017 os amigos lançaram o EP “Esquenta”.

O goiano Thiago Brava é quem encerra esta 17ª edição do Arraial de Santo Antônio de Campo Grande. Com sete anos de carreira, é um dos pupilos do sertanejo na atualidade e apresenta, além dos sucessos já reconhecidos como “Dona Maria”, “Namora Bobo” e “Se não for pra causar eu nem vou”, o seu novo trabalho “Vibezinha do Thiago Brava”, com as canções “Já Convenci” e “Coração de Guardanapo”.

Toda a programação é gratuita e aberta ao público, sendo que os shows começam a partir das 19h.

Role de bike

A 17ª edição do Arraial de Santo Antônio de Campo Grande reserva um momento especial para os ciclistas da Capital, com a realização do 1º Pedal Arraial de Santo Antônio, que vai acontecer em parceria com a Associação Firebikers Team. A graça da aventura fica por conta das vestimentas caipiras que serão obrigatórias a todos os participantes. A inscrição é gratuita para todo o público e pode ser feita por meio do endereço eletrônico https://www.firebikers.com.br/.

No último dia de festança, 15 de junho, haverá duas rotas, uma para iniciantes e outra para profissionais. A concentração é na Praça do Papa, onde acontecerá o Arraial.

A grande diferença entre as rotas é que os ciclistas avançados percorrem a Avenida Duque de Caxias, contornam o anel viário e retornam pela Avenida Euler de Azevedo, em um percurso de cerca de 35km. Os iniciantes vão até a rotatória da saída para Rochedo e voltam, em um percurso de 22km.

Além de boa vontade, o participante precisa levar água, bicicleta e capacete. A segurança, claro, não fica de lado: todo o trajeto será acompanhado de batedores e, no retorno à praça, os ciclistas terão local para estacionar as bikes.

O Pedal Arraial de Santo Antônio foi idealizado depois do sucesso do Pedal do Queijo, que aconteceu em maio, na Festa do Queijo de Rochedinho. “Deu tão certo que decidimos repetir a dose e trazer todo mundo para uma nova brincadeira que vai incluir até traje junino”, comenta a Secretária de Turismo e Cultura, Melissa Tamaciro.


Voltar


Comente sobre essa publicação...