Semana On

Quarta-Feira 26.jun.2019

Ano VII - Nº 356

Coluna

Azambuja defende união do PSDB 'em benefício do País'

As notícias que fizeram a semana política em MS, com Marco Eusébio

Postado em 29 de Maio de 2019 - Marco Eusébio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Falando de um "novo PSDB" e frisando que "o novo é assumir posições", o governador Reinaldo Azambuja (MS), convocou os tucanos a se unirem "em benefício do País, não em benefício do partido" e voltou a defender as reformas da Previdência e tributária contra a crise econômica e o desemprego, na convenção nacional do PSDB que elegeu a nova Executiva do partido hoje em Brasília. "Somos filiados a um partido, mas a gente governa pra pessoas", afirmou Azambuja dirigindo-se ao novo presidente nacional da sigla, o ex-deputado e ex-ministro Bruno Araújo (PE).

Deputados apresentam 276 emendas à reforma da Previdência na Câmara

Duzentos e setenta e seis emendas foram apresentadas por deputados à reforma da Previdência (PEC 6/19), a maioria delas – 162 – ontem, último dia do prazo. Todas serão conferidas pelo relator na comissão especial da Câmara, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que pode acatá-las ou não, no todo ou em parte. A maioria é a favor de manter o atual Benefício de Prestação Continuada (BPC) pago a idosos carentes e suavizar mudanças nas aposentadorias rurais e dos professores. É o caso da apresentada pelas deputadas Rose Modesto e Bia Cavassa, ambas do PSDB-MS, que com as também tucanas Mara Rocha (AC), Edna Henrique (PB) e Tereza Nelma (AL), são coautoras de emenda que mantém as atuais regras para professores. Há propostas diferentes, como uma emenda do deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS) propondo regras especiais de aposentadoria para agente de segurança do Governo de Mato Grosso do Sul, alegando que eles trabalham em escala noturna de 12×36h de segunda a sexta-feira e 24h em fins de semana, feriados e pontos facultativos. Samuel Moreira tem até 15 de junho para entregar seu relatório, mas disse tentará fazer isso antes do prazo final.

Para evitar disputas, Assembleia terá gabinetes padronizados no piso superior

A Assembleia vai reformar e padronizar os gabinetes dos 24 deputados de Mato Grosso do Sul, disse à imprensa o primeiro-secretário Zé Teixeira (DEM). Além das salas iguais, a mudança deve acabar também com a disputa por pavimento, já que boa parte prefere gabinetes no piso térreo. Conforme explicou o deputado Coronel David (PSL, ficou acertado em reunião que todos os gabinetes ficarão no piso superior. "Vai reformar todos os gabinetes do piso superior e construir na parte superior os demais, até que todos os deputados tenham gabinetes novos e iguais, inclusive os móveis", informou. A intenção é evitar disputas pelas salas a cada início de mandato, como ocorreu no começo do ano quando o deputado João Henrique (PR) chegou a entrar na Justiça para que a distribuição fosse por sorteio. Estimada em R$ 2,3 milhões, a reforma será bancada com recursos do duodécimo do Legislativo.

O dilema do Geraldo...

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), admitiu que tem ouvido "apelos" para que volte a disputar a Prefeitura de Dourados no ano que vem.

Lembrou, entretanto, que tem "compromisso com o governador de ficar todo seu governo na Saúde".

Por fim, o Geraldo emendou: "Estou neste dilema..."

Cury diz que não se sente bem no partido do 'mal educado' Paulinho da Força

Embora frise ainda não ter nenhum outro partido em vista, o vereador Eduardo Cury, de Campo Grande, confirmou que está "desconfortável" no Solidariedade por discordar da oposição sistemática feita ao governo de Jair Bolsonaro pelo presidente nacional da sigla, o deputado Paulinho da Força (SP). "Não posso concordar com uma direção nacional que critica o atual presidente, que é contra as reformas. O Paulinho é uma figura retrógrada, agressivo, mal educado", disse o vereador, indagado sobre notícia veiculada pelo site Midiamax. Cury também citou um vídeo de 2016 em que Paulinho é filmado jogando dinheiro para uma mulher que o criticava, como forma de humilhação. Veja o vídeo e ouça abaixo as declarações do Cury.

Em São Gabriel do Oeste, Tomazoni se filia ao PSDB que chega a 42 prefeitos em MS

O governador Reinaldo Azambuja esteve em São Gabriel do Oeste para filiação ao PSDB do prefeito Jeferson Tomazoni (ex-MDB) e outras 30 pessoas visando reforças a sigla para as eleições municipais de 2020. Participaram do ato na Câmara local o presidente estadual do partido, Sérgio de Paula, e os deputados estaduais Paulo Corrêa e Onevan de Matos. Com Tomazoni, o PSDB chega a 42 prefeitos dentre os 79 municípios do estado.

Sob protesto de servidores, deputados de MS aprovam prorrogação de abono salarial

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou hoje, em primeira e segunda votações, o projeto Executivo que prorroga até 31 de maio de 2020 o abono médio de R$ 200 aos salários dos servidores de Mato Grosso do Sul, que seguiu para sanção do governador Reinaldo Azambuja. Sob protestos de sindicalistas e funcionários públicos na plateia que queriam a incorporação do abono nos salários como forma de reajuste, emendas neste sentido apresentadas pelos deputados Cabo Almi e Pedro Kemp (ambos do PT) e Capitão Contar (PSL) com apoio do Coronel David (PSL), João Henrique (PR) e Lucas Lima (Solidariedade) foram rejeitadas por doze votos a seis no plenário.

Supremo mantém desembargadora afastada do cargo em Mato Grosso do Sul

Por maioria de votos, a 1ª Turma do Supremo manteve ato do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que determinou o afastamento da desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) Tânia Garcia de Freitas Borges de suas funções jurisdicionais e administrativas. A decisão, conforme o site do STF, vale até julgamento final do processo administrativo disciplinar no CNJ para apurar indícios de infrações disciplinares da magistrada por suposta prática ilegal de influência sobre juízes, diretor de estabelecimento penal e servidores penitenciários para agilizar cumprimento de habeas corpus que garantia a remoção do seu filho, Breno Fernando Sólon Borges, do presídio de Três Lagoas onde estava preso sob a acusação de tráfico de drogas, para uma clínica para tratamento médico em Campo Grande.

Ex-deputado Giroto fala da rotina da prisão e conta que virou 'cozinheiro' da cela

Enquanto aguardava na sede da Justiça Federal para audiência da Operação Lama Asfáltica, o ex-deputado federal e ex-secretário de Obras de Mato Grosso do Sul foi entrevistado pelo Campo Grande News e falou das acusações feitas contra ele e da sua rotina na prisão no Centro de Triagem Anízio Lima, no Complexo Penitenciário, no Jardim Noroeste, onde está há pouco mais de um ano, revelando que é o "cozinheiro" da cela. Giroto lembrou do tempo em que era secretário de Obras da prefeitura, disse que a derrota para Alcides Bernal nas eleições para prefeito em 2012 foi uma das suas "maiores frustrações", negou irregularidades em seu patrimônio e rebateu as acusações contra ele. Disse que "a vida na cela é muito difícil" e que está pagando um "preço alto demais, imposto pelo sistema político”. Leia aqui no Campo Grande News.

Convidado a sair do PDT, Jamilson Name fala em 'bullying' e critica Dagoberto

O deputado estadual Jamilson Name anunciou que vai acionar a direção nacional do PDT após receber um ofício presidente estadual da sigla, o deputado federal Dagoberto Nogueira, avisando que ele pode se desfiliar da sigla sem risco de perda de mandato, já que tem manifestado esse interesse à imprensa. Jamilson disse que desde que se elegeu e após manifestar interesse em disputar uma cadeira de deputado federal, cargo ocupado por Dagoberto, tem sofrido "bullying" na sigla. O deputado estadual afirmou que não deseja deixar o PDT e teceu várias críticas a Dagoberto, a quem acusou de fazer o partido "declinar" históricamente sob seu comando.

Jamilson acrescentou que Dagoberto não concorda que ele apoie o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e fala em disputar a prefeitura "mas não tem voto", e acusou o deputado federal de usar "o partido como moeda de troca".

Dagoberto postou vídeo no Instragram dizendo que ficou "indignado com a entrevista do deputado Jamilson" e acusa o parlamentar de "mentir". "Foi ele quem pediu pra sair aqui do partido. Ele que nos procurou e pediu sua saída, tanto é que ele deu várias entrevistas na imprensa local dizendo que ia sair aqui do partido e nós fizemos aquilo que ele pediu. E também é mentira que eu mandei (o ofício) no escritório dele. Eu entreguei para o pai dele, até para justificar que era ele que tava pedindo".

Veja o vídeo de Dagoberto Nogueira e ouça as declarações de Jamilson.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Dagoberto desmente publicamente sobre acusação de expulsão do deputado estadual Jamilson Name do PDT/MS.

Uma publicação compartilhada por Deputado Dagoberto Nogueira (@dagobertonogueirams) em

TRF3 concede liberdade a João Amorim
O desembargador Paulo Fontes, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) concedeu habeas corpus a João Alberto Krampe Amorim dos Santos, dono da empreiteira Proteco, que está preso há pouco mais de um ano em Campo Grande preventivamente por meio da Operação Lama Asfáltica. Paulo Fontes também concedeu alvarás de soltura a Wilson Roberto Mariano, o Beto Mariano, servidor da Agesul que também foi preso na operação, e à filha dele, Mariane, em prisão domiciliar.


Voltar


Comente sobre essa publicação...