Semana On

Terça-Feira 20.ago.2019

Ano VII - Nº 359

Cultura e Entretenimento

Feira Mãos que Criam terá ação do City Tour, aulas de dança e apresentações

Evento acontece neste domingo, na Cidade do Natal

Postado em 29 de Maio de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Mais uma edição da feira de artesanato “Mãos que Criam” movimenta a Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena, neste domingo (2), a partir das 16h. Serão 170 expositores, entre artesãos e vendedores da praça de alimentação.

O cantor sertanejo Alex Lopes apresenta-se pela primeira vez no evento com um repertório que reproduz tanto o sertanejo raiz quanto o universitário. “Por ser um público mais família pretendo trazer os sucessos do Daniel, do Jorge e Mateus, do Edson e Hudson e até do Zezé di Camargo e Luciano”, conta Alex.

A Mãos que Criam traz uma grande novidade para a cidade com ação do ônibus do City Tour pelos principais pontos turísticos de Campo Grande. Com duas saídas diretamente da Cidade do Natal, às 17h e às 19h, o veículo percorre um trajeto de cerca de uma hora de duração.

Pela primeira vez também o Kombosa da Harmonia estaciona na Mãos que Criam e leva aulas de dança gratuitas a todo o público presente. O projeto oferece uma aula de vinte minutos com professores de dança e depois deixa o som rolando para os alunos treinarem os passos.

Rochelle Kaghoser e Fabio Simones são os professores que estão a frente do projeto e pedem para que os interessados levem um agasalho ou um quilo de alimento não perecível para doação da Escola de Dança.

Ainda no clima da dança, o projeto social Rede Solidária convida os adolescentes atendidos por eles, a se apresentarem com os espetáculos de dança urbana “Like Star”, “Rei do Show” e “Di Quebra”.

A Escola de Dança Comitiva Baileira também participa pela primeira vez deste evento da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo – Sectur, e apresenta um espetáculo de samba de gafiera, vanera e chamamé com três casais cheios de suingue.

Sobre a feira

A data da feira foi redefinida para todo o primeiro domingo do mês, escolhida por meio de votação entre os artesãos expositores no dia 21 de maio, para se adequar aos interesses dos mesmos.

De acordo com Sônia Albuquerque, artesã e gestora da Praça dos Imigrantes, a nova data tem tudo para funcionar melhor do que a anterior. “Os artesãos terão tempo de produzir seus produtos e o público também já sabe quando será a próxima feira e vai conseguir se organizar para passear, assistir atrações culturais e saborear as delícias da nossa gastronomia.”

Na área de alimentação o público vai poder saborear delícias regionais como o sobá pantaneiro, a sopa paraguaia, o arroz carreteiro e até uma galinhada com pequi. Isso sem contar os sabores tradicionais dos espetinhos de alcatra, lingüiça e frango, o tão amado pastel, a baiana tapioca, e o hot dog self service.

Programação completa:

17h – Saída do City Tour

17h30 – Apresentações de dança urbana do Rede Solidária

18h30 – Apresentação da Escola de Dança Comitiva Baileira

19h – Saída do City Tour

19h – Kombosa da Harmonia

20h – Alex Lopes


Voltar


Comente sobre essa publicação...