Semana On

Segunda-Feira 24.jun.2019

Ano VII - Nº 356

Coluna

Alice Furtado mostra em Cannes a intensidade do primeiro amor com filme 'Sem seu sangue'

Diretora brasileira estreou filme em seção paralela do festival que busca revelar cineastas. Longa mistura romance com elementos de terror.

Postado em 22 de Maio de 2019 - G1

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A primeira relação amorosa pode ser tão intensa como prejudicial, de acordo com a cineasta brasileira Alice Furtado, que na quinta-feira (23) estreou o filme "Sem Seu Sangue" na Quinzena dos Realizadores, seção paralela do Festival de Cannes.

A protagonista Silvia (Luiza Kosovski) é uma jovem introvertida e desinteressada pelo mundo à sua volta até que Artur (Juan Paiva) começa a estudar na mesma escola. Um adolescente feliz, mas doente, cuja morte afunda Silvia em um transe físico e mental para tentar ressuscitá-lo.

O filme trata da evolução da protagonista desde a descoberta do sexo e do amor à dor psicossomática pela perda do jovem e, por último, a obsessão, em um giro que incorpora elementos do cinema de terror.

"Acredito que os filmes de medo frequentemente são muito sensuais. O desejo e o medo são sentimentos que andam de mãos dadas", explicou em entrevista à Agência Efe a diretora.

A diretora já tem experiência no festival: seu curta-metragem "Duelo Antes da Meia Noite" (2011) fez parte da Cinéfondation, uma seção dedicada a projetos surgidos de escolas de cinema.

"Foi uma introdução neste universo de Cannes, mas voltar com um longa-metragem me tranquiliza para afirmar que estou no caminho certo. A Quinzena acredito que seja um lugar magnífico para a descoberta de novas vozes e propostas", declarou Alice.

A diretora brasileira se baseou para este filme em sua própria experiência, no dano provocado pela ruptura de uma relação amorosa. Teve que ir ao médico. Notou a dor em seu corpo, "mas era o luto", disse.

A Quinzena de Realizadores, na qual a brasileira concorre em Cannes, foi lançada pela Société dês Réalisateurs de Films (SRF) para "descobrir filmes de jovens autores e valorizar as obras de diretores reconhecidos". A lista de novos talentos revelados inclui Michael Haneke e Sofia Coppola.

"Sem seu sangue" ainda não divulgou oficialmente uma data de estreia no circuito comercial brasileiro.


Voltar


Comente sobre essa publicação...