Semana On

Terça-Feira 15.out.2019

Ano VIII - Nº 367

Judiciário

Mansour fala da importância de fomentar a proteção a crianças e aos adolescentes

O Presidente da OAB/MS abriu o painel de debate ‘Crianças e Adolescentes x internet: Como Protegê-los’

Postado em 17 de Maio de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Mansour Elias Karmouche, fez a abertura do painel de debate “Crianças e Adolescentes x internet: Como Protegê-los”, e falou sobre a importância em fomentar informações sobre cuidados e proteção. O evento, promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA), foi realizado na manhã de quinta-feira (16), no auditório da Seccional, e prestigiado pelo Vice-Presidente Gervásio Alves de Oliveira Júnior e as Conselheiras Estaduais Ana Laura Cunha, Ildalia Aguiar, Cláudia Paniago que também é Presidente da Comissão de Segurança Pública e a Presidente da Comissão de Direito da Família, Ariane Amorim.

“Temos a obrigação de discutir esse tema com a sociedade: a proteção da criança, do adolescente e do jovem, principalmente no mundo que estamos vivendo. A era da cibernética trouxe tecnologia e inovação, mas muita preocupação. Até onde isso vai? Até onde começa a ser prejudicial às nossas vidas? Por isso, é importante saber lidar com ela. Vivemos uma era em que as Fake News estão sendo espalhadas todos os dias. Nosso objetivo é abrir as portas para essa temática e ensinar como se proteger de ataques maliciosos de pessoas inescrupulosas que atuam na rede mundial de computadores”, frisou o Presidente da OAB/MS.

Mansour Karmouche também parabenizou a comissão pela organização do evento e agradecemos a participação do público. “Vocês sairão com mais conhecimento para saber como evitar os ataques e atitudes criminosas que destroem o nosso futuro. Vocês, jovens, têm uma importância fundamental na construção de um mundo melhor”, pontuou.

O Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Elton Nasser, explica que o objetivo do painel foi oferecer a prevenção e proteção à criança e ao adolescente, por meio dos especialistas presentes. “Para alguns pais, aparentemente, não existe problema na internet, mas, infelizmente, o pedófilo vem se aproveitar desse momento, ingressando no ambiente virtual. Fica aqui o alerta para as crianças, de comunicar os pais de mensagens estranhas, e, os pais, comunicam a polícia”, destacou.

Mesa de debate

Fizeram parte da mesa de debate o Superintendente da Polícia Federal Cleo, Matusiak Mazzoti; a delegada Marília de Brito Martins, da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA); o Perito da Polícia Federal, Marcelo Abdala dos Reis; a Psicóloga Sílvia Lopes, e o Professor da Escola José Barbosa Rodrigues, Fabrício Matos.

Em sua fala, o superintendente da PF citou que a internet é uma ferramenta extremamente poderosa e fundamental, no entanto pode ser usada para o bem e mal. Sinalizou, ainda, que pedófilo não tem perfil e alertou aos pais sobre a importância de monitorar os seus filhos. “Mais importante do que o combate, é a prevenção. Ambos os trabalhos são feitos pela Polícia Federal e a OAB/MS é parceira. A instituição tem primado por excelentes eventos com temas importantes para a sociedade”, salientou.

Na plateia, havia cerca de 60 estudantes do Ensino Médio da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, que puderam receber orientações e alertas para não caírem em “armadilhas”. O Perito da Polícia Federal, Marcelo Abdala, ministrou palestra e enfatizou: “é impossível se desconectar, mas tudo que é feito na internet tem as suas consequências. Se fizermos algo de errado, seja com compartilhamento ou postagens, vai atingir um grande público rapidamente e temos que preparar a criança e o adolescente para um eventual caso de exposição”.

Também representando a segurança pública, a delegada Marília de Brito avalia que o tema deva ser discutido também por outras instituições. “A temática de hoje é de extrema importância porque se trata da proteção da criança e do adolescente. Seria interessante que fosse sempre colocado em pauta, por outras instituições e universidades, para que possamos evoluir nas políticas públicas e legislações”.

O Professor Fabrício Matos ressaltou que “os alunos estão muito conectados, sempre com celulares e computadores. Por isso, é importante alertar no sentido de prevenir os abusos”. Já a Psicóloga Silvia Lopes finalizou: “Tudo que é relacionado a prevenção e cuidado é importante. A criança não é somente o futuro, é o hoje também. Esse evento serve para ampliar o leque de conhecimento”.


Voltar


Comente sobre essa publicação...