Semana On

Quinta-Feira 14.nov.2019

Ano VIII - Nº 371

Mato Grosso do Sul

Governo de MS avança junto à União e setor empresarial no desenvolvimento de Porto Murtinho

Reunião técnica organizada pela Semagro mobiliza empresários, governo federal, prefeitura e vereadores para tratar de questões portuárias e novo acesso rodoviário

Postado em 16 de Maio de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Reunião técnica realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), em Porto Murtinho, proporcionou avanços importantes para a consolidação de empreendimentos no setor portuário e de logística que vão transformar e oferecer novas perspectivas de desenvolvimento para a região.

“Demos um grande passo para o desenvolvimento de Porto Murtinho. Foi uma reunião de trabalho na qual procuramos informar a população. O governador Reinaldo Azambuja tem a preocupação de desenvolver todas as regiões do Estado e Porto Murtinho é hoje um centro de desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Tratamos de uma série de assuntos fundamentais para a consolidação da construção dos novos portos no município e do novo acesso rodoviário a esses locais”, informou o secretário Jaime Verruck, da Semagro após a reunião realizada na Câmara Municipal,

O secretário reuniu-se com o prefeito de Porto Murtinho, Derlei Delevatti, com os vereadores da cidade, com o superintendente Luiz Ribeiro Rosa, da Superintendência do Patrimônio da União (SPU) em Mato Grosso do Sul, o engenheiro José Roberto, da empresa Egetra, responsável junto à Agesul pelo projeto do novo acesso rodoviário aos portos e à ponte sobre o Rio Paraguai, e Lucio Lagemann, Assessor de Logística da Semagro.

Também participaram empresários que vão construir os novos terminais portuários em Porto Murtinho (Porto Saladero, FV Cereais e Camalote) e empresários do setor de construção civil. Também participaram representantes do grupo ETM Murtinho, que já iniciou a construção de um estacionamento com capacidade para 390 rodotrens de 25 metros.

Foi realizada apresentação do estudo do Ipea sobre “Produção, Comércio e Logística entre o Mato Grosso do Sul, Chile, Argentina e Paraguai: o potencial econômico do Corredor Porto Murtinho – Portos do Norte do Chile” e dos Estudos de custos do Corredor Bioceânico, elaborado pela EPL (Empresa de Planejamento e Logística) e Governo Federal.

“Foi uma reunião intensa de trabalho. Estivemos com a SPU fazendo uma discussão sobre o uso do chamado ‘espelho d’água’, que é o direito de uso das águas do rio para fins portuários. Tivemos uma solução muito rápida, de tal forma que essas licenças para os novos portos vão sair pela SPU. Também fizemos uma discussão ambiental para a liberação das licenças necessárias para a construção desses portos”, disse o secretário Jaime Verruck.

Acesso rodoviário aos novos portos

Durante a reunião em Porto Murtinho também foi debatida a construção do acesso rodoviário à região dos novos terminais portuários. “Esclarecemos uma grande dúvida da população, que era se o governo vai construir ou não o anel viário para dar acesso aos portos. Hoje apresentamos um projeto inicial da Agesul. O governador sinalizou que deve concluir o projeto técnico e licitá-lo até o final de 2019. Discutimos onde ele pode passar, quais os pontos, dificuldades, todos puderam contribuir, empresários, população, Câmara de Vereadores, Prefeitura, para que o acesso seja construído da BR até os portos”, acrescentou o titular da Semagro.

Outro ponto destacado por Jaime Verruck é o incremento que o turismo em Porto Murtinho deverá receber com os novos empreendimentos na região. “Destacamos a importância do turismo para o município e a importância de prepararmos Porto Murtinho e os seus cidadãos para o crescimento e para o desenvolvimento”.

Na avaliação do secretário, “conseguimos mostrar que o desenvolvimento de Porto Murtinho é algo concreto, tem cronograma e vai acontecer. O governador Reinaldo Azambuja sabe da importância desse novo hub logístico para a América do Sul, para a infraestrutura logística e as exportações do nosso Estado. Porto Murtinho é a nossa nova Paranaguá”, finalizou.


Voltar


Comente sobre essa publicação...