Semana On

Quinta-Feira 12.dez.2019

Ano VIII - Nº 374

Veí­culos

Moto voadora está perto da realidade: veja modelos em desenvolvimento

Veículos se diferenciam por utilizar hélices ou jatos para voo. Maioria dos projetos não tem rodas de verdade e se assemelham a um drone tripulado

Postado em 03 de Abril de 2019 - Rafael Miotto - G1

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Além da corrida pelo desenvolvimento de carros voadores, liderada por empresas como a Boeing e a Bell Nexus, está em andamento a criação de modelos mais compactos para ganhar os ares. Chamados de motos voadoras ou "moto-drone", esses veículos têm, em sua maioria, uma função de patrulhamento e resgate.

Mas também não está descartado que, no futuro, sejam utilizados como meio de transporte ou até mesmo lazer, como é o caso da Jetpack Speeder, modelo que começou a ser vendido nos Estados Unidos por R$ 380 mil antes mesmo de ficar pronto.

É moto ou é drone?

Os protótipos mostrados indicam que existem duas direções para o modo como eles vão se movimentar. No caso do Speeder, a impulsão é feita por motores a jato, mas outros modelos, como a moto voadora da polícia de Dubai, utilizam hélices.

Um ponto que ainda não está certo é de como serão estas motos voadoras no futuro, se elas terão efetivamente rodas e poderão ter uso híbrido, voando e rodando nas estradas, como fazem alguns carros voadores.

Além disso, não está claro quais serão as regulamentações para que esses veículos possam trafegar. No caso do modelo da Jetpack, por exemplo, o piloto terá que passar por treinamento e ter habilitação especial.

CONHEÇA MOTOS VOADORAS EM DESENVOLVIMENTO

Speeder, ela chega a 4.500 metros

Ainda existem apenas projeções de como será a Speeder voando, mas o modelo foi o primeiro a começar a ser efetivamente comercializado. Em sistema de pré-venda, o veículo terá velocidade máxima de 240 km/h e poderá chegar a 4.500 metros de altura.

Seu preço é de US$ 380 mil, equivalente a R$ 1,5 milhão, sendo necessário fazer depósito de US$ 10 mil para reservar uma das 20 unidades que serão produzidas.

Feita por uma empresa americana especialista em "jetpacks", aquelas mochilas com jato para fazer uma pessoa voar, a moto também utiliza desses propulsores para levantar voo.

Patrulha em Dubai

Em testes pela polícia de Dubai para o monitoramento das ruas, o Hoversurf S3 é desenvolvido por russos que agora estão sediados na Califórnia. Pesando apenas 114 kg, mais leve do que uma Honda CG 160, o modelo elétrico faz voos de até 5 metros de altura e chega a velocidade máxima de 96 km/h (limitada eletronicamente).

O modelo faz a maior parte de seus movimentos de modo autônomo, ou seja, ele pode fazer pousos, decolagem e "ficar parado no ar". Quando assume o comando, o piloto utiliza um joystick para controlá-lo.

Quadriciclo voador

Criadores de motos artesanais de diversos tipos, os franceses da Lazareh estão desenvolvimento a LMV 496, que pode ser considerada a única moto voadora de verdade, porque tem rodas. Ou será quadriciclo?

Movida a energia elétrica, a motocicleta possui 1.300 cavalos de potência e 100 quilômetros de autonomia, afirma a fabricante.

Ainda não se sabe a real capacidade do modelo voar livremente, já que as imagens divulgadas mostram a LMV 496 fazendo um sobrevoo segurada por cabos.

Modelo japonês para 2020

Planejando começar as entregas de sua moto voadora em 2020, a japonesa Ali pretende fabricar 100 unidades de seu modelo. Curiosamente, o veículo também é chamado de Speeder, como acontece com o produto da americana Jetpack.

Ainda em desenvolvimento, a moto também não possui rodas e utiliza duas grandes hélices para levantar voo.

'BMW voadora' não voa de verdade

Com visual futurista, mas peças autênticas de uma R 1200 GS, a BMW e a Lego criaram o conceito de uma "moto voadora" em tamanho real. O modelo não voa de verdade, mas mostra uma visão de como as motocicletas podem ser no futuro.


Voltar


Comente sobre essa publicação...