Semana On

Segunda-Feira 14.out.2019

Ano VIII - Nº 367

Campo Grande

Lagoa Itatiaia vai ter efetivo de guardas municipais ambientais

Para o vereador Eduardo Romero, local é singular enquanto espaço ambiental

Postado em 27 de Março de 2019 - Redação Semana On

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Grupo Gestor da Lagoa Itatiaia, criado em novembro de 2018 para discutir melhor forma de uso e apresentar demandas do local, pediu mediação do mandato do vereador Eduardo Romero (Rede) com a Secretaria Municipal de Segurança Pública para que seja implantada uma base da Guarda Municipal Ambiental na Lagoa Itatiaia.

No último dia 27, a demanda do Grupo Gestor e dos moradores foi apresentada pelo vereador ao secretário Valério Azambuja. Eduardo Romero destacou que a Lagoa Itatiaia é singular enquanto espaço ambiental e a presença de guardas municipais com preparo ambiental serve, inclusive, para alertar terceirizadas da prefeitura na hora de intervenções com capina e obras.

O secretário municipal de segurança disse que diante dos argumentos apresentados pelo vereador, a decisão imediata é de transformar a base existente em unidade mista, ou seja, com efetivo de guardas municipais que cuidam do patrimônio e guardas municipais com preparo para atuar em questões de meio ambiente. Além disso, Valério Azambuja afirmou que nos finais de semana uma patrulha ambiental vai fazer rondas no entorno da lagoa, já que o fluxo de visitantes aumenta.

A criação de uma espécie de pelotão ambiental dentro da Guarda Municipal foi uma sugestão do vereador Eduardo Romero em 2015, inclusive ministrou a aula magna de início do curso de Agente de Apoio à Fiscalização do Meio Ambiente, em agosto do mesmo ano.

Inicialmente se inscreverem 95 guardas municipais e a coordenação do curso foi da Semadur e da Secretaria Municipal de Segurança Pública, com parcerias com a OAB-MS, Polícia Militar Ambiental, Imasul, Instituto Polis/SP e Frente Parlamentar de Vereadores Ambientalistas.

Eduardo Romero destaca que Campo Grande conserva muitas áreas verdes, tem 33 córregos espalhados em 10 microbacias e são 112 áreas verdes. Como toda cidade de grande extensão territorial tem muitas demandas ambientais e dificuldades para fiscalizar os crimes de meio ambiente. Por isso, fez a sugestão de um grupo preparado dentro da Guarda Municipal para atuar nestas questões.


Voltar


Comente sobre essa publicação...