Semana On

Domingo 25.ago.2019

Ano VII - Nº 360

Viver bem

Respirar fundo antes de uma tarefa pode te ajudar a realizá-la

Em teste, voluntários que inspiravam antes de iniciar uma atividade acertaram mais do que os que expiravam

Postado em 19 de Março de 2019 - Galileu

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Os fãs de esportes são acostumados a ver os atletas respirarem fundo antes de tomar algumas atitudes, como cobrar um pênalti durante uma partida de futebol, por exemplo. Mas a tática também pode funcionar em outras atividades fora do esporte: em um novo estudo, pesquisadores do Instituto Weizmann de Ciência, em Israel, mostram que inspirar antes de realizar certas tarefas pode ajudar as pessoas a fazê-las.

Na pesquisa publicada na revista Nature Human Behavior, o grupo descreve três experiências que realizaram com os voluntários que receberam a tarefa de examinar algumas formas na tela de um computador, determinando se tal forma poderia realmente existir no mundo real. Cada participante era monitorado por um dispositivo que detectava a passagem de ar pelo nariz — inspirando ou expirando. 

Os voluntários pressionavam um botão para iniciar uma rodada de imagens. Ao comparar os dados dos detectores nasais com as pontuações do voluntários, os pesquisadores descobriram que aqueles que inalaram antes de realizar sua tarefa tiveram, em média, 73% de acertos, enquanto os que exalaram marcaram, em média, 68%.

O mesmo teste foi realizado com outro grupo de voluntários, mas sem o uso do botão, com cada rodada sendo iniciada pelos próprios cientistas. No experimento, não se observou diferenças nos resultados dos testes ou na pontuação os voluntários tinham que relatar se uma palavra era real ou não, em vez de uma forma.

Em um outro momento, o primeiro experimento foi repetido com o segundo grupo, que foi monitorado com eletroencefalografia (EEG), um método que é utilizado para registrar a atividade elétrica do cérebro. A análise mostrou uma alteração na atividade das ondas cerebrais quando os voluntários inalaram antes de executar uma tarefa, o que é um sinal de que o cérebro está se tornando mais focado e aumentando a consciência do que está prestes a acontecer.


Voltar


Comente sobre essa publicação...