Semana On

Domingo 21.jul.2019

Ano VII - Nº 356

Poder

Em dez semanas como presidente, Bolsonaro deu uma declaração errada por dia

Em 68 dias como presidente, ele deu 82 declarações falsas ou distorcidas

Postado em 15 de Março de 2019 - Tai Nalon, Ana Rita Cunha e Bárbara Libório – Aos Fatos

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Desde a sua posse, em 1º de janeiro de 2019, o presidente Jair Bolsonaro deu 149 declarações passíveis de checagem, das quais 82 eram completamente falsas ou apresentavam algum grau de erro. Isso significa que, a cada 10 declarações do presidente durante as primeiras dez semanas do seu mandato, quase 6 eram falsas ou distorcidas. Também significa que Bolsonaro disse, em média, uma informação equivocada por dia desde que se tornou presidente.

A contabilidade é feita diariamente pela equipe do site Aos Fatos, que mapeia redes sociais e meios de comunicação e, desde o último dia 11, publica regularmente balanços sobre a veracidade das declarações do presidente da República, cujo acumulado estará reunido nesta base de dados.

A organização deste agregador de declarações parte de uma ideia concebida originalmente pelo Fact Checker, a tradicional coluna de checagem do jornal americano Washington Post. Tal como lá fiscalizam Donald Trump, os jornalistas do Aos Fatos têm acompanhado sistematicamente as declarações do presidente Jair Bolsonaro partindo da premissa de que checá-las isoladamente, uma vez que são muitas, é contraproducente. Por isso, reuniu em uma única base de dados tudo o que Bolsonaro diz, com checagem e contexto.

As declarações falsas mais frequentes estão na seara da economia: o presidente cometeu erros e propagou falsidades ao menos 15 vezes a respeito de temas que vão desde a construção de rodovias, passando pelo subsídio à produção de leite até resvalar em gasto público com educação. Desde que tomou posse, Bolsonaro proferiu seis declarações totalmente falsas e outras nove imprecisas ou contraditórias sobre o tema.

Também são frequentes declarações falsas ou distorcidas sobre ideologia — ou aquilo que o presidente classifica como "viés ideológico" ou mesmo "formação de mentes escravas das ideias de dominação socialista". Declarações do tipo já foram feitas ao menos 11 vezes. Como já mostrado por Aos Fatos, o discurso de Bolsonaro sobre socialismo resgata uma dicotomia entre capitalismo versus socialismo muito comum na Guerra Fria, mas que foi perdendo sentido após o fim da União Soviética e com a abertura de economias socialistas como a da China. Por exemplo, o último relatório do Banco Mundial que usa o conceito de socialismo para classificar economias é de 1987. Além disso, na Constituição Federal, o artigo 170 estabelece que a ordem econômica do Brasil tem como princípios a propriedade privada e a livre concorrência, duas características essenciais de regimes capitalistas. Outra característica de regimes socialistas que existiram na história, o unipartidarismo, também não está previsto em nossa Constituição, que consagra o multipartidarismo.

Outras afirmações incorretas recorrentes dizem respeito à constituição de sua equipe de governo. Segundo o presidente, a escolha de seus ministros e de seu secretariado não passou por indicações políticas. Ele disse ao menos quatro vezes ter conseguido "montar um governo sem conchavos ou acertos políticos", o que se mostrou falso: no governo Bolsonaro, um exemplo recente é a nomeação de apadrinhado político no DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes), assim como a manutenção de indicações políticas de governos anteriores, inclusive de indicados por políticos réus ou presos em caso de corrupção.

A toada de falsidades do presidente ainda é irregular, mas é possível perceber que ele erra mais quanto maior o espaço dado para suas declarações. Foram 35 declarações falsas ou distorcidas dados em entrevistas, 23 em discursos, 11 em tweets oficiais e oito em lives do Facebook.

É possível ver em detalhes quais são as declarações mais repetidas por Bolsonaro, além de filtrá-las por tema e mídia no especial Todas as declarações de Bolsonaro, checadas. À medida que a equipe de Aos Fatos for checando novas afirmações do presidente, a base de dados será atualizada automaticamente.


Voltar


Comente sobre essa publicação...