Semana On

Quarta-Feira 18.set.2019

Ano VIII - Nº 363

Auau Miau

Crime, abandono de animais cresce no país até o Carnaval

Denúncias de maus-tratos devem ser feitas à polícia, e é possível registrar boletim de ocorrência nas delegacias

Postado em 05 de Março de 2019 - Lívia Marra – Bom pra Cachorro

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Festas de fim de ano, férias e Carnaval. Nessa sequência, muita gente quer viajar, aproveitar. Mas, para isso, deixa para trás o animal de estimação.

O abandono no país cresce a partir de dezembro e se continua intenso até o Carnaval. Dados das ONGs que integram o Programa Adotar é Tudo de Bom mostram que o índice aumenta em torno de 30% nesse período, segundo a Pedigree, marca que conduz a iniciativa.

São animais que, de uma hora para outra, acabam sozinhos nas ruas, enquanto as famílias aproveitam a folga. Alguns são recolhidos por protetores, mas muitos passam fome e até morrem doentes ou atropelados.

Abandono é crime. Pela Lei de Crimes Ambientais, a pena prevista para quem comete maus-tratos contra animais é de três meses a um ano de detenção, além de multa —pode ser aumentada de um sexto a um terço se ocorrer morte do animal. No caso de crimes de menor potencial ofensivo (penas de até 2 anos), pode não ocorrer a abertura da ação penal, e a punição normalmente é convertida em prestação de serviço.

A pena é considerada branda, mas, para que ela ocorra, o caso precisa ser denunciado.

Não abandona um animal apenas quem abre a porta do carro e deixa pet no meio da rua. Também pode ser considerado maus-tratos deixar o animal sozinho trancado em casa por dias, acorrentado, sem água, comida ou condições de higiene.

Denúncias

Denúncias de maus-tratos devem ser feitas à polícia, e é possível registrar boletim de ocorrência nas delegacias.

Casos mais graves e urgentes, como flagrantes de agressões, devem ser comunicados à Polícia Militar.

Em São Paulo, a Depa permite o registro da denúncia pela internet. As informações passam por triagem e são encaminhadas às polícias Civil ou Militar. O endereço da Depa para fazer a denúncia é http://www.ssp.sp.gov.br/depa.

Na Grande São Paulo, outra possibilidade é o recém-criado Disque-Denúncia da Defesa Animal Estadual, pelo 0800-600-6428.

Dicas

O Programa Adotar é Tudo de Bom promove a adoção consciente e a educação da população sobre a guarda responsável de animais. Em dez anos de existência, já mudou a realidade de mais de 70 mil cães, de acordo com a Pedigree.

Veja algumas recomendações da marca para assegurar o bem-estar do pet:

-Não deixe o animal sozinho durante o período em que estiver fora de casa. Disponibilizar alimento e água não garantirá que ele estará bem durante sua ausência;

-No caso de viagens em que o pet não seguirá junto, o recomendado é buscar um serviço profissional especializado, dentre eles hoteizinhos que estejam prontos para recebê-lo ou, então, pet-sitters que visitem a residência diariamente e amenizem a ausência da família, além de zelar pelos cuidados de saúde e bem-estar do animal;

-É importante que seja feita uma pesquisa criteriosa e uma visita no local (no caso de hotéis), além de um período de adaptação com o animal antes dele ficar sob os cuidados dos profissionais contratados.


Voltar


Comente sobre essa publicação...