Semana On

Sábado 07.dez.2019

Ano VIII - Nº 374

Mato Grosso do Sul

Governo continua focado na regionalização da Saúde, afirma Reinaldo

Obras de hospitais em Dourados, Três Lagoas e Corumbá estão em andamento

Postado em 12 de Fevereiro de 2019 - Redação Semana On

O Hospital Regional de Três Lagoas contará com 202 novos leitos. Foto: Secretaria Municipal de Saúde O Hospital Regional de Três Lagoas contará com 202 novos leitos. Foto: Secretaria Municipal de Saúde

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Governo de Mato Grosso do Sul viabilizou investimentos para criar uma lógica regional da saúde, com a construção e reforma de Hospitais em Três Lagoas, Dourados e Corumbá. O governador Reinaldo Azambuja destaca que a prioridade é consolidar a regionalização da saúde. “Nós vamos entregar os hospitais em curto prazo como Três Lagoas, Dourados, Corumbá. Vamos fazer esta teia de regionalização para aproximar a saúde da população”, afirma.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, explica que com a construção e aparelhamento dos hospitais, a população terá o acesso à saúde melhorado. “O investimento em infraestrutura irá beneficiar diretamente a população, contribuindo para a redução da fila de espera”, completa.

Com investimento de R$ 36 milhões, as obras do Hospital Regional da Grande Dourados (HRGD) tiveram início em junho de 2018 com previsão de entrega para o primeiro semestre de 2020. O hospital irá atender pacientes de 34 munícios da região da Grande Dourados, Conesul e Faixa de Fronteira.

O HRGD contará com 236 novos leitos, destes 40 serão de UTI. A unidade terá perfil assistencial de hospital geral, que priorizará as linhas de cuidados de urgência/emergência, cardiologia, nefrologia, oftalmologia e cirurgia geral.

O Hospital Regional de Três Lagoas (HRTL) contará com 202 novos leitos. A obra foi orçada em R$ 56 milhões sendo R$ 35 milhões do Governo Federal e R$ 21 milhões do Estadual.

Serão oferecidos serviços de emergência e urgência, psiquiatria, diagnóstico, tomografia, ressonância magnética, raios-X e ultrassonografia. A estrutura contará com ambulatórios, leitos, centro cirúrgico, auditório, salas de aulas, laboratórios, esterilização e área técnica dos equipamentos de climatização do centro cirúrgico.

A unidade também terá salas pré-parto, parto e pós-parto; indução e recuperação de pacientes; observação pediátrica; observação paciente; observação psiquiátrica; UTI cirúrgica; UTI clínica; enfermarias; internação isolamento; semicrítico; preparo e recuperação pós anestésica e observação e recuperação do paciente.

O Governo do Estado firmou convênio com a prefeitura de Corumbá no valor de R$ 12 milhões para a ampliação da Santa Casa de Corumbá, que contará com 30 novos leitos. O projeto inclui a construção de novo pronto socorro, do Centro Obstétrico, UTI neonatal e a reestruturação de todo o hospital. A ordem de serviço foi assinada no final de 2018.

O novo Pronto-Socorro da Santa Casa de Corumbá será totalmente equipado para atendimento de urgência e emergência, com salas de emergência e ambulatório, enfermaria, receptivo e triagem. Também será construída a nova unidade de leitos. O município tem uma grande demanda de pacientes da região de fronteira e não contava com uma estrutura complexa para oferecer qualidade de serviços à população mais carente.


Voltar


Comente sobre essa publicação...