Semana On

Terça-Feira 19.mar.2019

Ano VII - Nº 342

Coluna

Cuscuz na Ceia

Uma deliciosa receita para conquistar a família na noite de Natal ou ano novo

Postado em 19 de Dezembro de 2018 - Vera Chaves

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O cuscuz é considerado um prato típico de São Paulo. A tradição de se fazer o cuscuz na panela, ao invés da cuscuzeira (no vapor) é bem paulista. Feito no vapor é mais seco e mais demorado no cozimento. Na panela, sua massa fica oleosa e tão compacta que podemos colocar em uma forma de pudim e desenformá-lo na hora de servir.

No nordeste, o preparo é bem mais simples, cozido no vapor, utiliza-se apenas a farinha de milho com um pouco de tapioca para dar liga e é servido no café da manhã com manteiga ou leite de coco. No sul do Brasil o cuscuz é servido em dias festivos, principalmente nas festas de final de ano.

Hoje, os chefes de cozinha - inovando e acompanhando a tendência finger food (comida em pequenas porções) - sugerem um mini cuscuz para as festas mais descontraídas. Fica bacana e contemporâneo.

Receita de Cuscuz Paulista

In­gre­di­entes
• 400 g de Flocão (ou fa­rinha de milho em flocos)
• 2 co­lheres de fa­rinha de man­dioca crua (ou ta­pioca)
• 1 kg de ca­marão médio com casca
• 2 li­tros de água para ferver as cascas do ca­marão
• 6 to­mates ma­duros sem pele cor­tados em cu­bi­nhos
• 1 co­lher (sopa) de massa de to­mate
• 1 ce­bola grande pi­cada
• 1 xí­cara de sal­sinha pi­cada
• 1 xí­cara de ce­bo­linha pi­cada
• 6 dentes de alho amas­sados
• Óleo su­fi­ci­ente para re­fogar a ce­bola 1/2 xí­cara de azeite
• Sal a gosto

Para de­corar
• 3 ovos co­zidos cor­tados em ro­delas
• 1 vidro de pal­mito
• al­guns ca­ma­rões in­teiros
• 10 ro­delas de azei­tonas verdes

Modo de Pre­paro
Para fazer um molho bem gos­toso apro­veite as cascas do ca­marão.

O pri­meiro passo é des­cascá-los e re­serve.

Em uma pa­nela, re­fogue um pouco de ce­bola e alho com óleo.

Acres­cente as cascas de ca­marão e deixe soltar um pouco de água.

De­pois, acres­cente 2 li­tros de água e deixe ferver. Coe e re­serve.

Num bowl grande, mis­ture o flocão com a fa­rinha de man­dioca. Acres­cente a sal­sinha, a ce­bo­linha, sal e um copo do caldo de ca­marão já frio. Re­serve.

Numa pa­nela grande re­fogue a ce­bola e o alho em óleo. Adi­cione os to­mates, a massa de to­mate.

Dicas da Vera

Peça para o pei­xeiro des­cascar o ca­marão. Leve as  cascas, e faça o caldo como pri­meiro passo da re­ceita. Use um pouco do alho ce­bola e óleo da re­ceita para re­fogar as cascas.

Se optar por fazer mini cuscuz use co­pi­nhos de  ca­fe­zinho des­car­tá­veis para a mon­tagem. Na hora de servir é só de­sen­formar e de­corar.


Voltar


Comente sobre essa publicação...