Semana On

Segunda-Feira 21.ago.2017

Ano V - Nº 268

Super Banner na capa e em toda a revista

Coluna Desmistificando Tributos

Hospital Rosa Pedrossian, hospital regional e futuramente hospital estadual

Com atendimento 100% público, hospital cresce para se tornar o maior do Estado

Postado em 11 de Agosto de 2017 - Josceli Pereira

Imprimir Enviar por e-mail

Independente da denominação de como seja conhecido pelos sul-mato-grossenses, este gigante de concreto edificado às margens do rio Anhanduí, que corre mansamente entre as duas pistas da Avenida Norte Sul, continua imponente nesta parte da cidade, onde os edifícios ainda não chegaram.

Idealizado ainda na gestão do governador Pedro Pedrossian, nos idos de 1997, foi aos poucos sedimentando sua vocação de salvar vidas com o atendimento médico hospitalar de referência.

Ao longo destes 20 anos, a instituição vem recebendo por parte dos governantes a base para se tornar o maior hospital público do Estado de MS, em seus quadros de recursos humanos e de equipamentos, grande estrutura que nos habilita dizer da excelência destes recursos.

É necessário frisar que o atendimento é 100% SUS (Sistema Único de Saúde) e hoje atende em torno de 45 especialidades médicas, fisioterapia, psicologia, nutrição, bem como as suas complementações para um perfeito atendimento.

Conta também com o SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar) levando até a residência do paciente o atendimento médico, com o conforto da permanência do paciente no aconchego do seu lar. É a humanização da saúde.

É referência também no ensino e pesquisa com mais de 1,3 mil alunos de medicina e outras áreas da saúde que têm a prática do seu aprendizado acadêmico dentro da instituição. São centenas de médicos residentes, nas mais diversas especialidades e outro tanto de profissionais das áreas técnicas da saúde.

Credenciada em vários convênios de atendimento específico, entre tantos destacamos o ambulatório de feridas e gestação de alto risco, sendo referência nestes atendimentos.

Seus custos são pagos por fontes públicas com verbas do SUS, emendas parlamentares e recursos estaduais. Não possui receitas de atendimentos particulares e muito menos de planos de saúde.

Todas as suas aquisições obedecem aos ditames das compras governamentais, que por sua natureza são morosas. Seu quadro de funcionários é suprido por concursos públicos, que por força de Lei, são também mais morosos que outros tipos de contratações.

Mesmo com estas características vem desempenhando de forma satisfatória a assistência à saúde da população. Vários obstáculos a serem superados, pois a saúde não tem preço, mas tem custo!

Este adolescente hospital que estampa a sua identidade organizacional através do seu conjunto:

MISSÃO

“Ser uma instituição pública de atenção hospitalar voltada para a prestação de serviços referenciados em média e alta complexidade, baseados na valorização do ser humano, com formação de profissionais almejando a consecução objetiva, ética e responsável da promoção à saúde”.

VISÃO

“Tornar-se, em médio prazo, excelência em média e alta complexidade com sustentabilidade e resolutividade integrada à formação de profissionais da saúde”.

VALORES

Profissionais altamente comprometidos com a integralidade do atendimento aos clientes e com a instituição; transparência na gestão de pessoas e recursos; responsabilidade, humanização e ética nas ações.


Voltar


Colunista

Josceli Pereira

Josceli Pereira

Administrador


Saiba mais sobre Josceli Pereira...

Comente sobre essa publicação...