Semana On

Terça-Feira 11.dez.2018

Ano VII - Nº 331

Camara

Coluna Paladar

A verdadeira sopa de cebolas

Confira esta iguaria, uma das mais deliciosas da culinária francesa

Postado em 29 de Agosto de 2018 - Vera Chaves

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A culinária francesa é conhecida como uma das mais saborosas do mundo. Uma das receitas mais tradicionais daquele país é a Soupe Gratinée À L'Oignon, (sopa gratinada de cebolas) A sopa tem um sabor riquíssimo, é super apetitosa e a apresentação é de dar água na boca. Este clássico foi declarada Patrimônio Imaterial pela Unesco. Uma das lendas sobre seu surgimento conta que ela foi criada pelo Rei Luis XVI. Em uma noite, ele descobriu que só tinha uma cebola, manteiga e champanhe.

Misturou esses ingredientes e criou a primeira sopa de cebolas da França. Já Silvio Lancelloti em "O Livro da Cozinha Clássica" conta que esta preparação teve origem em meados do século 12, com um velho hábito dos gauleses de colocar uma fatia de pão num prato fundo e, por cima, depositar o líquido resultante do cozimento de legumes e carnes. Esta era uma das tradicionais refeições noturnas da época. No início a soup a l'onion era vista como alimento dos camponeses e pobres. Independente de ser o prato da realeza ou dos servos, esta mistura das cebolas caramelizadas, carne, pão e queijo agrada a todos, e é um dos pratos servido como entrada mais populares na França e é um verdadeiro ícone da gastronomia daquele país. Aproveite o friozinho e deguste este clássico característico do inverno parisiense, com o rosto e o caráter da cidade luz

Receita Francesa da Sopa de Cebolas

(Para duas porções individuais)

Ingredientes
• 100g de cebolas descascadas e fatiadas
• 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
• 2 colheres de chá de farinha de trigo peneirada
• 6 xícaras de chá de caldo de carne ou de galinha coado
• sal, pimenta do reino a gosto
• 2 colheres de sopa bem cheias de queijo Gruyére ralado grosso
• 2 colheres de sopa de queijo Emmenthal ralado grosso
• 2 fatias de pão baguete semi torradas com espessura de 1 cm

Modo De Fazer
Numa caçarola ou sopeira derreta a manteiga e murche as cebolas, até que comecem dourar de maneira uniforme. Reserve a metade das cebolas. Na cebola restante salpique a farinha, mexa bem. Coloque um pouco de caldo quente, deixe ferver, abaixe a chama e cozinhe por vinte minutos. Acerte o sal e a pimenta do reino. Separe uma cumbuca de barro ou porcelana. Deposite uma fatia do pão, pulverize com a mistura dos dois queijos e cubra com as fatias de cebolas reservadas. Preencha a vasilha com caldo, pulveriza com o restante dos queijos e leve ao forno forte somente para gratinar.

Dica da Vera

Pre­pare um caldo ca­seiro bem aro­má­tico com mús­culo ou frango, ce­noura, ce­bola e talos de salsão. Deixe ferver em fogo baixo pelo menos por uma hora e meia. Vai fazer muita di­fe­rença no re­sul­tado final. Se pre­ferir co­loque os queijos em fa­tias em vez de ra­lados. Esta é uma re­ceita fran­cesa, não leva queijo par­mesão e não é aquela sopa creme de ce­bolas que es­tamos acos­tu­mados a comer no Brasil.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Vera Chaves

Vera Chaves

Vera Chaves é cheff internacional e advogada.


Saiba mais sobre Vera Chaves...