Semana On

Terça-Feira 12.dez.2017

Ano V - Nº 283

Governo dengue

Coluna Paladar

Pudim de Leite Condensado

Confira como acertar nesta delícia clássica

Postado em 26 de Outubro de 2017 - Vera Chaves

O Pudim de Leite Condensado é uma receita saborosa e bem simples de preparar. Ele desmancha na boca e preserva um maravilhoso sabor adocicado. Só de olhar a imagem dessa sobremesa as pessoas já ficam com água na boca.

Acredita-se que a origem do pudim está em Portugal, mais precisamente no século XVI. Os portugueses preparavam o doce a base de leite e ovo, com o objetivo de atingir uma consistência cremosa e levemente sólida. Quando chegou ao Brasil, durante o período da colonização, a receita do pudim de leite condensado ganhou muitas variações e se tornou uma das mais populares quando o assunto é sobremesa.

Como fazer Pudim de Leite Condensado

Você quer aprender como fazer um delicioso pudim de leite condensado? Então confira a receita:

Modo de preparo

1. Comece a receita preparando a calda. Em uma panela de fundo largo, junte o açúcar com um pouco de água quente. Leve ao fogo e mexa com uma colher, até dissolver os torrões e formar uma calda grossa.

2. Providencie uma forma com furo central (19 cm de diâmetro, de preferência). Em seguida, forre-a com a calda. Reserve.

3. Coloque o leite condensado, o leite e os ovos no liquidificador. Bata bem, até obter um creme mole e homogêneo.

4. Despeje o creme na forma do pudim, que, por sua vez, já está caramelizada. Depois, cubra o doce com papel alumínio.

5. Leve o pudim ao forno médio, pré-aquecido a 180 graus, em banho-maria. Deixe assar por 1 hora e 30 minutos.

6. Retire o pudim do forno e deixe esfriar em temperatura ambiente. Em seguida, leve para gelar por seis horas antes de desenformar.

Dicas para um delicioso pudim

- Na hora de assar o pudim de leite condensado, é fundamental colocar em prática a técnica de banho-maria. Trata-se de um tipo de cozimento à base de calor indireto, realizado com água quente. Esse método culinário faz com que o pudim asse de forma lenta e controlada, o que ajuda a obter a consistência ideal de pudim.

A técnica de banho-maria é fundamental para deixar o pudim com a consistência certa.

- Para que o pudim não fique com furinhos, verifique se a temperatura do forno está adequada.

- Ao colocar o pudim para assar, dê preferência à grade superior do forno, bem longe da chama.


Voltar


Colunista

Vera Chaves

Vera Chaves

Vera Chaves é cheff internacional e advogada.


Saiba mais sobre Vera Chaves...

Comente sobre essa publicação...