Semana On

Terça-Feira 13.abr.2021

Ano IX - Nº 438

Coluna Paladar

Aveia dormida e a chegada do Outono

Uma receita muito simples e nutritiva, que pode ser consumida à temperatura ambiente ou morna

Postado em 23 de Março de 2021 - Raissa Faro – Brasil de Fato

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O Brasil é um país tropical e continental, em que muitas regiões não apresentam as estações do ano muito bem marcadas. Contudo, as mudanças climáticas acontecem mesmo que de forma sutil e, consequentemente, nosso corpo altera seu funcionamento de acordo com as condições ambientais.

Talvez você ainda não tenha percebido, mas acabamos de entrar oficialmente no período do Outono. Principalmente no início das estações as características sazonais ainda não estão muito bem definidas, o que nos leva a manter os mesmos hábitos por um prazo muito mais longo do que deveríamos.

Nas transições das estações do ano, especificamente na última semana da estação anterior e na primeira semana da estação seguinte, é o principal momento em que devemos nos observar e cuidar da nossa saúde.

Com o final do Verão e a chegada do Outono transitamos de um período de calor e umidade para temperaturas mais amenas e ambiente menos úmido. De acordo com o Ayurveda, esse é um momento em que nosso corpo também aumenta gradualmente as características de frieza e secura, até chegar ao ápice do Inverno, quando esses fatores ficam mais agravados.

Os momentos de transições são sempre instáveis e, portanto, é interessante criar uma constância na rotina, com alterações feitas de maneira gradual, para conseguir manter a vitalidade e não gerar nenhum desequilíbrio e posterior adoecimento.

Levando isso em consideração, algumas práticas que podem ser inseridas nesse período são massagens com óleos de ação quente (ex: gergelim), meditação e pranayamas (exercícios respiratórios) que auxiliem o processo de instabilidade emocional que pode vir a surgir.

A exposição ao sol e os exercícios físicos não devem ser esquecidos, já que influenciam na sensação de bem-estar e funcionamento regular do corpo.

Na alimentação, os alimentos refrescantes, leves e crus devem ser substituídos gradualmente por alimentos mais oleosos, quentes e úmidos. A alimentação no Outono deve ser preferencialmente processada pelo calor, como nos casos de alimentos cozidos, grelhados ou assados.

Os alimentos de sabor doce (arroz, quinoa, frutas, leite natural), salgado (vegetais aquosos, frutos do mar, algas) e ácido (queijos, tomate, frutas cítricas) são os mais indicados para esse período, pois apresentam ação estimulantes sob o apetite e digestão, geram prazer e induzem a lubrificação corporal.

As especiarias como gengibre, canela, cardamomo, açafrão, manjericão, cominho, alecrim, grãos de mostarda e pimentas suaves são indicados para esse período.

Para te ajudar nessa mudança alimentar do Outono, trago uma receita muito simples e nutritiva, que pode ser consumida à temperatura ambiente ou morna, de acordo com o clima da sua região:

Aveia Dormida

Ingredientes

1/3 xícara de aveia em flocos grossos
1/2 de xícara de leite vegetal
1 colher de sopa de semente de chia 

1 colher de sobremesa de melado ou açúcar mascavo

Como fazer

Em um pote, misturar todos os ingredientes e deixar descansando da noite para o dia, tampado e fora da geladeira
Na manhã seguinte, misturar com frutas picadas da estação (figo, caqui, goiaba, abacate, uva, banana, mamão, etc.) e/ou com oleaginosas (nozes, amêndoa, pasta de amendoim, tahine ou semente de gergelim)


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Equipe Semana On

Equipe Semana On

Coluna editada pela equipe da Semana On.


Saiba mais sobre Equipe Semana On...