Semana On

Sábado 19.set.2020

Ano IX - Nº 411

Coluna Paladar

11 jeitos fáceis de poupar tempo no preparo dos alimentos

Domine a arte de realizar uma tarefa enquanto aguarda outra se completar, use raladores, trabalhe bem com legumes e enquanto isso vá limpando tudo

Postado em 22 de Julho de 2020 - Krissy Brad – Huffpost

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Fazer meal prep, ou, em português, preparo prévio das refeições, pode ser cansativo. Cada vez que você jura que este será o fim de semana em que você vai finalmente ser coroado o campeão do preparo prévio... não é bem isso que acontece.

“Quase ninguém com quem converso quer passar seu tempo precioso no fim de semana preparando comida para a semana seguinte”, comentou a nutricionista Rebecca Clyde, do Utah, especialista em culinária para uma pessoa só. “Mesmo conscientes de que isso vai lhe poupar tempo e energia durante a semana, o simples fato de saber quantas horas a pessoa vai passar na cozinha a desanima.”

Em vez de tentar se forçar a mudar de ideia, talvez seja mais útil pensar em como você pode agilizar o processo. A partir disso, é bem possível que você comece a encarar essa tarefa de outra maneira.

“Qualquer coisa que poupe tempo e a canseira de passar uma hora picando alimentos, por exemplo, pode deixar esse trabalho mais atraente”, disse a nutricionista. É o que explica a atração do cortador, ralador e fatiador de alimentos mandolin. É mais rápido e divertido ver aqueles legumes passando rápidos pela lâmina do aparelho. “Depois de poupar tanto tempo com uma coisa, você começa a pensar ‘não foi tão ruim assim, afinal’. Assim, ficará mais fácil realizar essa tarefa outras vezes”, comentou Clyde.

Veja a seguir 11 técnicas que especialistas na cozinha utilizam para poupar tempo na etapa do meal prep.

Domine a arte de realizar uma tarefa enquanto aguarda outra se completar.

“Pense na tarefa que vai levar mais tempo e comece com ela”, recomenda a nutricionista Amanda Izquierdo, de Chicago. “Pode ser algo como deixar uma proteína para marinar, ferver água ou preaquecer o forno.”

Processos que você pode iniciar e depois deixar que se concluam sozinhos lhe permitem terminar outras tarefas enquanto você espera, como fatiar legumes ou preparar molhos de salada.

Em vez de picar alho com uma faca, use o ralador microplane.

Em lugar de picar alho com uma faca, Izquierdo rala os dentes de alho num ralador microplane. “Isso elimina a necessidade de faca e garante que os pedacinhos de alho terão tamanho idêntico”, explicou.

Basta empurrar o dente de alho para cima e para baixo, com cuidado à medida que ele for ficando menor, para não ralar seus dedos. “Você pode fazer a mesma coisa com a cebola que vai usar em sopas ou guisados”, disse a nutricionista.

Use uma tábua extragrande.

Uma tábua de cortar extragrande pode poupar muito tempo na hora de picar ingredientes.

“Você pode empurrar cada ingrediente para um lado da tábua, em vez de precisar colocar cada um em recipientes menores para abrir espaço para o próximo alimento a ser picado”, explicou Michael Broughton, sub-chef executivo da Outlier, em Seattle.

Outra coisa: não será preciso lavar ou passar uma água na tábua depois de picar cada ingrediente.

Aperfeiçoe sua técnica de descascar.

Em vez de segurar o alimento (por exemplo, um pepino ou uma cenoura) em uma mão e descascá-lo com a outra, coloque-o sobre a tábua e segure-o no lugar enquanto você descasca.

“A maioria dos descascadores funciona nas duas direções”, disse Broughton. “Não é preciso tirar o descascador de cima do alimento para levá-lo para cima e descascar de alto para baixo. Você pode descascar para cima e para baixo. Desse jeito o processo leva metade do tempo.”

Deixe aveia “steel-cut” de molho à noite para usar na manhã seguinte.

A aveia “steel-cut” é feita de grãos tostados e cortados ao meio, muito menos processados do que os grãos prensados vistos mais habitualmente. Quando você a deixa de molho durante a noite em água, o tempo de cozimento pela manhã cai pela metade.

“Quando a aveia é deixada de molho durante a noite, o amido se decompõe, e isso reduz o tempo de cozimento”, disse a coach de nutrição e criadora de receitas Katrina TaTaé.

Coloque ¼ de xícara de aveia steel-cut num vidro e cubra-a com uma xícara de água. Você vai ficar espantada na manhã seguinte, quando ver quanta água foi absorvida.

Aprenda a estabilizar legumes.

“Os legumes geralmente não ficam parados em cima da tábua quando os estamos cortando. Corte uma fatia pequena da parte mais volumosa do legume para criar uma base estável sobre a qual apoiá-lo. Isso lhe poupará tempo, já que você não vai precisar ‘correr atrás’ do legume em cima da tábua”. A dica é de Cynthia Graubart, professora de culinária em Atlanta e autora de livros de receitas, premiada com o James Beard Award.

Escolha um tema – e simplifique.

A nutricionista Catherine Sebastian, de Nova York, escolhe uma carne ou proteína vegetal principal para a semana inteira, mas com diversificação suficiente para não sentir que está comendo a mesma coisa a semana toda.

Se seu tema da semana for carne moída de peru, por exemplo, cozinhe-a no slow cooker com uma lata de feijão, milho, legumes e molho de chili. Depois refogue um pouco para rechear tacos. E acrescente uma lata de molho marinara a um pouco da carne revogada, para fazer um macarrão com legumes.

“Assim, sem dificuldade alguma, você já terá a base de três refeições de sabores distintos com uma única fonte de proteína, e todas preparadas ao mesmo tempo (sem falar que todas podem ser feitas em quantidade maior, para servir de almoço e jantar)”, disse Sebastian.

Asse bacon no forno.

“Você pode assar um pacote inteiro de bacon no forno. Vai ficar bem retinho e crespo”, disse Denise Bustard, autora de um blog sobre meal prep. “Não precisa mais ficar em pé diante da frigideira, virando o bacon e fazendo sujeira.”

Deixe o bacon no forno por 15 a 20 minutos. É só ficar de olho nos últimos minutos, para que não passe do ponto. E pronto!

Asse a abóbora antes de prepará-la.

Quando você corta uma abóbora crua, duríssima, e tira as sementes dela, pode sentir medo de se cortar. Por conta disso, pode quase parecer que não vale a pena cozinhar abóbora, moranga e semelhantes.

“O processo pode ser difícil e um pouco perigoso”, comentou Bustard. Por isso mesmo, ela costuma assar a abóbora inteira antes. “É muito mais fácil cortar a abóbora ao meio e tirar as sementes depois de assá-la e deixar esfriar um pouco. Se você estiver fazendo espaguete de abóbora, esse processo evita o risco de o espaguete sair mole demais.”

Use um ralador e fatiador mandolin.

A recomendação principal de Clyde para agilizar o meal prep é usar um ralador e fatiador mandolin.

“Com o mandolin, posso fatiar meus legumes em fatias finíssimas, e super rápido”, ela explicou. “Usando o suporte protetor, você pode fatiar de beterrabas a cebolas ou couve de Bruxelas muito rápido – e sem perder um dedo.”

Vá limpando enquanto cozinha.

Em vez de esperar até ter terminado de cozinhar antes de lavar todos os utensílios, vá lavando-os aos poucos nos instantes em que estiver livre, por exemplo quando estiver esperando uma massa cozinhar ou aquecendo algo no microondas.

“Vai parecer que sua comida está ficando pronta em menos tempo, e você terá menos louça para lavar depois”, disse Clyde.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Vera Chaves

Vera Chaves

Vera Chaves é cheff internacional e advogada.


Saiba mais sobre Vera Chaves...