Semana On

Segunda-Feira 21.mai.2018

Ano VI - Nº 303

lUGARES

Coluna A Arte de ser Viajante

Paisagens de Bonito rendem fotos vibrantes e até recorde para fotógrafo

Foto de Marcio Cabral entrou para Guinness como a maior panorâmica submersa

Postado em 08 de Fevereiro de 2018 - Redação Semana On

O fotógrafo especializado em natureza Marcio Cabral, 42, considera Bonito, no Mato Grosso do Sul, um dos seus destinos preferidos no Brasil. "O diferencial de lá é a boa estrutura da região para atender os viajantes, dos inexperientes aos mais radicais", diz.

A primeira visita à região foi em 2010. Desde então, o brasiliense tenta voltar pelo menos uma vez por ano para registrar as belezas locais.

Para quem nunca visitou a cidade, ele recomenda ir de carro a partir de Campo Grande, capital do Estado, a cerca de 300 quilômetros da cidade. "Assim, é possível aproveitar a estadia para conhecer o Pantanal e fazer compras no Paraguai.

Todos os passeios são feitos por meio de agências turísticas da cidade, que vendem o pacote com os ingressos, assistência e até almoço no local.

Entre as principais atrações, indica conhecer o abismo Anhumas, em Bonito. Em dezembro, os raios de Sol incidem verticalmente em uma abertura da caverna, criando um feixe de luz.

Nas cidades vizinhas, sugere Bodoquena, a cerca de 80 quilômetros de Bonito, onde ficam a cachoeira da Boca da Onça e o Córrego Azul, que foi incluído no circuito turístico recentemente, e Jardim, com rio da Prata e a lagoa Misteriosa entre os passeios mais procurados.

Nesta última, o fotógrafo entrou para o livro dos recordes "Guinness" como a maior panorâmica submersa do mundo. O resultado pode ser visto aqui.


Voltar


Colunista

Silvio Andrade

Silvio Andrade

Jornalista e editor do site Lugares.


Saiba mais sobre Silvio Andrade...

Comente sobre essa publicação...