Semana On

Sábado 19.ago.2017

Ano V - Nº 268

lUGARES

Coluna A Arte de ser Viajante

Corumbá, as belezas de uma cidade hospitaleira e cheia de histórias

Ponto de partida para passeios, diversão e cultura

Postado em 15 de Junho de 2017 - Redação Semana On

Imprimir Enviar por e-mail

Corumbá alia cultura, atrativos naturais e um rico patrimônio histórico. Localizada à beira do rio Paraguai na fronteira com a Bolívia é conhecida como Cidade Branca, pela cor clara de sua terra. A cidade oferece excelentes opções tanto para o descanso, quanto para quem procura lazer ou aventura, é um convite ao convívio com a natureza.

Da capital até à Cidade Branca são 420 quilômetros, um prato cheio para os amantes da natureza. No percurso pela BR-262, um espetáculo de paisagens naturais, paradas para saborear a culinária regional, adquirir o artesanato local e, se tiver sorte, encontrar uma comitiva levando a boiada pela rodovia.

Corumbá é o ponto de partida para um dos mais belos passeios – no majestoso Pantanal sul-mato-grossense, a maior planície inundável do planeta, refúgio de peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. A travessia da Estrada Parque atrai o ano inteiro, milhares de visitantes de várias partes do mundo, um dos melhores lugares do mundo para a observação da vida selvagem.

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o centro histórico de Corumbá chama a atenção dos turistas pela beleza arquitetônica. O Porto Geral é o cartão postal urbano da cidade, lugar ideal para contemplação da natureza, da arquitetura histórica e do admirável pôr do sol.

É o endereço dos turistas e da juventude da cidade que frequentam as calçadas e bares, uma opção nas animadas noites quentes corumbaenses. No local, também é possível encontrar artesanato, agências de turismo e o Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá, o lugar é perfeito para caminhadas no final da tarde.

Durante o dia ainda é possível observar o agitado embarque e desembarque de turistas nos barcos-hotéis, nos cruzeiros ou tours fluviais em chalanas, na canoagem, no stand up paddle, ou até mesmo na prática da pesca recreativa na barranca do Rio Paraguai.

Para quem quer programar para fazer os roteiros é possível contratar passeios e traslados com um receptivo local (ou diretamente com seu hotel) ou até alugar um carro.

Estrada Parque

Com tantas opções para a prática do ecoturismo e aventura, fica difícil saber por onde começar o roteiro no Pantanal de Corumbá. Uma excelente escolha é a Estrada Parque Pantanal, a 15 minutos da área urbana de Corumbá, exibe um dos cenários mais bonitos e exóticos da região. É o principal destino para a contemplação da natureza, para práticas de esportes de aventura e onde se conhece um pouco da história da região.

O contato com uma infinidade de animais silvestres torna o passeio ainda mais especial. Em qualquer época do ano é possível realizar a travessia pela estrada, mas os meses de inverno são considerados excepcionais, pois coincide com a vazante dos rios do Pantanal e a fauna e flora se mostram em abundância.

Existem várias pousadas ao longo da estrada, caso o viajante precise pernoitar. Seja qual for o seu estilo, a Estrada Parque Pantanal é o destino ideal para aqueles que curtem a natureza em meio ao habitat de inúmeros animais, como jacarés, capivaras, araras azuis, tuiuiús, carcarás, veados e sucuris, o safári fotográfico é uma opção encantadora.

No próximo final de semana, continuaremos a explorar este importante destino turístico e retratar suas peculiaridades. Corumbá é uma cidade hospitaleira cheia de lindas paisagens, conta com gastronomia rica, devido à diversidade cultural, então, vamos apreciar a Cidade Branca, linda de ver e viver.


Voltar


Colunista

Silvio Andrade

Silvio Andrade

Jornalista e editor do site Lugares.


Saiba mais sobre Silvio Andrade...

Comente sobre essa publicação...