Semana On

Terça-Feira 18.dez.2018

Ano VII - Nº 332

Governo

Coluna A Arte de ser Viajante

Praia de Japaratinga, em Alagoas, é paraíso de verão

Vizinha da incensada Maragogi, Japaratinga tem os mesmos privilégios com que a natureza abençoou a região

Postado em 28 de Novembro de 2018 - Roberto de Oliveira – Folha de SP

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Vizinha da incensada Maragogi, Japaratinga tem os mesmos privilégios com que a natureza abençoou a região, mas dá ao visitante sossego para curtir as águas mornas e a visita à vida marinha.

Na "maré seca", como dizem os moradores, é possível caminhar por mais de 500 metros mar adentro, com a água batendo na canela, e chegar às piscinas naturais cercadas por barreiras de corais.

Quem quiser dar um mergulho com snorkel vai se deliciar com a variedade de peixes em desfile de formatos e cores. Mesmo sem mergulhar é possível ver muitos deles brilhando sob a luz do Sol.

As piscinas naturais são menores que as galés de Maragogi, mas o que conta a favor de Japaratinga é a quietude –lá se consegue fugir daqueles equipamentos de som ligados a todo o volume e do exército de vendedores de camarão frito e outros acepipes que atendem grande número de turistas em disputa por uma porção das águas transparentes.

Apenas 10 km antes de Maragogi, para quem saiu de Maceió, ou depois, para quem saiu de Porto de Galinhas, Japaratinga pode ser descrita como um destino mais relax. Tão populares em Maragogi, os visitantes "day-use", aqueles que saem de Maceió ou de Porto de Galinhas para fazer um bate e volta, são coisa rara ali, mesmo na alta estação.

Japaratinga não oferece infraestrutura de resort all-inclusive, como existe em Maragogi, mas tem simpáticas pousadinhas com preços honestos –cerca de 20% mais baixos que os encontrados no novo destino de charme nordestino, a também alagoana São Miguel dos Milagres.

A costa norte de Alagoas é uma sucessão de praias de areia branca rodeadas de coqueiros. O tom das águas varia do azul-turquesa ao verde-esmeralda –e Japaratinga é um capítulo à parte.

Estrangeiros gostam de comparar o mar de lá com o das Maldivas e é comum chamarem as praias de Alagoas de Caribe brasileiro –só que temos águas mornas o dia todo (e até a noite).

ivem naquelas praias pouco mais de 8.000 habitantes. O município integra a Rota Ecológica, ou dos Corais, assim intitulada devido à barreira natural de recifes.

Para chegar lá, pode-se seguir pelo caminho que leva a Maragogi. A viagem mais bonita, porém, é a que parte de Maceió, passa por Barra do Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, numa estradinha repleta de coqueiros e praias desertas. Para coroar o percurso de pouco mais de duas horas, é preciso atravessar o rio Manguaba, de balsa.

Se não for fim de semana, quando o excesso de gente entorpece a visão, você pode entrar em estado contemplativo, quem sabe buscando explicação para o tom da praia Barreiras do Boqueirão, uma das mais lindas de Japaratinga.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Silvio Andrade

Silvio Andrade

Jornalista e editor do site Lugares.


Saiba mais sobre Silvio Andrade...