Semana On

Sábado 20.out.2018

Ano VII - Nº 325

Governo

Coluna Marco Eusébio Online

Schimidt nega divisão no PDT sobre candidatura do juiz Odilon ao governo

As notícias que fizeram a semana política em MS, com Marco Eusébio

Postado em 13 de Abril de 2018 - Marco Eusébio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O presidente regional do PDT, João Leite Schimidt, afirma, em nota divulgada pelo partido, não existir "qualquer fundo de verdade, insinuações sobre suposta divisão interna quanto à candidatura do juiz aposentado Odilon de Oliveira" ao Governo de Mato Grosso do Sul. "O PDT respeita a liberdade de imprensa e a livre expressão do pensamento como fundamentos democráticos. Repudia, porém, a má utilização da imprensa e das mídias sociais para criar narrativas falsas, que sacrificam a verdade em favor de interesses que nada têm de republicanos", acrescenta a nota assinada pelo presidente regional do PDT, João Leite Schimidt. Leia abaixo a íntegra, no Facebook da sigla.

Kemp defende Lula na Assembleia e diz que prisão visa tirar o petista das eleições

Usando um cartaz com a frase "Tô com Lula", o deputado Pedro Kemp (PT) discursou na tribuna da Assembleia em defesa do ex-presidente, afirmando que sua prisão do ex-presidente tem o objetivo de tirá-lo da sucessão presidencial. Kemp acusou a Justiça de ser rápida ao condenar o petista no caso do Triplex do Guarujá, embora seja muito em relação a outros políticos, citando Paulo Maluf, Aécio Neves, José Serra e o ex-governador de Minas Eduardo Azeredo. "Bastou uma delação premiada dizendo que o triplex estava reservado ao Lula para condená-lo", afirmou o deputado, repetindo que o ex-presidente foi condenado "sem provas". Na sessão da próxima terça-feira, além de Kemp, os demais deputados petistas de MS devem fazer ato com cartazes "Tô com Lula" na Assembleia. Veja abaixo o discurso em vídeo.

Gaeco deflagra operação Linha Marcada com prisões em Bela Vista e Caracol

Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram oito mandados de prisão temporária e dezenove de busca e apreensão em duas cidades de Mato Grosso do Sul. Conforme o Ministério Público, que coordena a Operação Linha Marcada, foram presos servidores e secretários da Prefeitura de Bela Vista e empresários do município de Caracol, investigados por suposta associação criminosa em fraudes nas licitações no serviço público de transporte que já teria rendido cerca de R$ 1 milhão aos envolvidos.

TJ tira Romero e Edil da Coffee Break

Desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, acataram recursos e excluíram o vereador Eduardo Romero (Rede) e o ex-vereador Edil Albuquerque (MDB) do processo da Coffee Break. No caso do agravo de Edil a decisão foi unânime, com voto dos três desembargadores: Sérgio Martins, relator, João Maria Lós e Marcelo Raslan. No caso de Romero, foram dois votos a favor do agravo - de Lós e Raslan – contra um de Sérgio Martins. A análise do recurso do vereador Otávio Trad (PTB) foi adiada para a sessão do dia 17 deste mês. Dos 24 denunciados, nove já foram excluídos do processo pelo TJ-MS e, até agora, só dois ex-vereadores, Jamal Salém (PR) e Chocolate (PP), não conseguiram escapar da denúncia em que o Ministério Público Estadual pede ressarcimento de R$ 25 milhões dos acusados de participarem do suposto esquema de “compra e venda” de votos para cassar em 2014 o então prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

'Conversa fiada', diz Marun sobre agendas na pauta do Conselho de Ética do Planalto

O presidente da Comissão de Ética da Presidência, Luiz Navarro, vai levar para discussão na próxima reunião do grupo, no dia 25 deste mês, agendas do ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo), com autoridades de países árabes, para saber se há alguma relação desses encontros com a Bropp, consultoria empresarial de Luciane Marun, mulher do ministro, focada no mundo árabe, informa O Globo sobre caso levantado pela revista Época, que cita viagens dele, quando deputado, a esses países. Ao jornal, o ministro afirmou que não há conflito de interesses entre sua atuação pública e a Bropp. Consultado, Carlos Marun se mostrou bastante insatisfeito de ter a esposa citada nesse episódio e disse aqui ao Blog: "Mais uma super investigação contra mim termina em nada. A não ser conversa fiada. Minha mulher tem duas faculdades e sempre trabalhou. E eu desde sempre tive relações com os países árabes. Quando estabeleci os enfrentamentos que assumo, sabia que coisas como está poderiam acontecer".

Sérgio Harfouche vai disputar o Senado

O procurador de justiça Sérgio Harfouche, conhecido por ações disciplinares contra alunos infratores em escolas de Campo Grande que inspiraram lei estadual neste sentido aprovada pela Assembleia no fim do ano passado, se licenciou do Ministério Público e filiou-se ao PSC no fim da semana anterior. Pretende participar pela primeira vez das eleições e pretende disputar uma das duas vagas de MS no Senado neste ano.

Juiz bloqueia 30% do salário de Dagoberto

O juiz David de Oliveira Gomes Filho, 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, mandou bloquear 30% do valor bruto dos salários do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS), partir deste mês, até que se atinja R$ 5.841.882,94 referentes a multa aplicada quando o parlamentar foi condenado por usar publicações sobre a “Lei Seca”, quando era secretário estadual de Segurança e Justiça, para promoção pessoal. Cabe recurso.

Zeca do PT rejeita Ciro: 'Vamos de 13 para Presidente, para governador, para tudo!'

Depois da prisão de Lula, o deputado federal Zeca do PT foi indagado se seu partido cogita apoiar Ciro Gomes (PDT) à Presidência e indicar vice à chapa do trabalhista. A resposta de Zeca: "Ciro não. Ele agride o PT e agride Lula, além de não ser solidário. Além disso, apoia aqui um candidato que fala mal do PT e é conservador e reacionário. Vamos de 13 para presidente, de 13 para governador, 13 pra tudo!"


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Marco Eusébio

Marco Eusébio

Jornalista, blogueiro e analista político.


Saiba mais sobre Marco Eusébio...