Semana On

Sexta-Feira 30.out.2020

Ano IX - Nº 416

Coluna Marco Eusébio Online

Denunciado pela PGR ao STJ no caso JBS, Azambuja diz que 'verdade prevalecerá'

As notícias que fizeram a semana política em MS, com Marco Eusébio

Postado em 14 de Outubro de 2020 - Marco Eusébio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) sob acusação do recebimento de propina da JBS.

"Recebi com indignação a denúncia do MPF e aguardo, com serenidade, a oportunidade de fazer valer o direito à ampla defesa, até este momento não concedido. Agora, no âmbito do judiciário, tenho plena convicção que a verdade prevalecerá. Eu confio na Justiça", disse Azambuja em nota à imprensa.

Também foram denunciados o ex-secretário de Fazenda e atual conselheiro do Tribunal de Contas (TCE-MS) Márcio Monteiro e os empresários Joesley e Wesley Batista, da JBS. Embora a investigação tenha começado a partir da delação dos irmãos Batista, houve pedido de rescisão dos acordos e, por isso, eles foram denunciados, mas a PGR pediu que a ação contra eles fique em suspenso até que o Supremo analise a validade do acordo.

Pesquisa Ibope em Campo Grande Ilustração com imagem TSE

A primeira pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito em Campo Grande registrada neste ano pela TV Morena na Justiça Eleitoral tem prazo para ser concluída nesta sexta (16). Conforme o site do TSE, o resultado da pesquisa pode ser divulgado hoje ou amanhã (sábado, 17). Uma outra pesquisa teria sido feita pelo instituto para a emissora, mas apenas para "consumo interno".

Candidatos adversários acionam Justiça e MP após vídeo de prefeito com servidores

Pelo menos quatro candidatos à Prefeitura de Campo Grande – Marcelo Bluma (PV), Guto Scarpanti (Novo), Marcelo Miglioli (SD) e Vinícius Siqueira (PSL) – acionaram a Justiça Eleitoral e o Ministério Público Eleitoral pedindo investigação de um vídeo que circula nas redes sociais em que a secretária-adjunta de Educação, Soraya Campos, aparece ao lado do prefeito Marquinhos Trad (PSD) em reunião com servidores, e ela defende a reeleição em "primeiro turno" para que o prefeito possa convocar 519 servidores que estão em lista de espera.

O vídeo, que foi reproduzido pelo site JPNews da CBN, "deixa evidente o ânimo do candidato Marcos Trad em subverter ilicitamente as regras do processo eleitoral", diz Bluma em nota, depois de protocolar no MP Eleitoral pedido de ivestigação. "Condicionar a convocação de servidores à reeleição em primeiro turno, fazendo, ainda, alusão ao seu número como candidato é uma grande ilegalidade", disse Guto Scarpanti, que, também ontem, acionou a Justiça Eleitoral.

Nelsinho vira vice-líder do PSD no Senado

O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) foi indicado para ocupar o cargo de primeiro vice-líder do PSD no Senado, em substituição ao senador Irajá (PSD-TO). O comunicado foi feito ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), nesta terça-feira, pelo líder do PSD na Casa, o senador baiano Otto Alencar.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Marco Eusébio

Marco Eusébio

Jornalista, blogueiro e analista político.


Saiba mais sobre Marco Eusébio...