Semana On

Domingo 22.abr.2018

Ano VI - Nº 299

Parceiros

Coluna Cine Drops

Aos Teus Olhos

O poder das redes sociais

Postado em 13 de Abril de 2018 - Danilo Custódio

A ambiguidade na abordagem da pedofilia, a caricaturização do machismo e a superficialidade nas relações dos personagens parecem ser os pontos mais marcantes de Aos Teus Olhos, que estreia essa semana no circuito comercial brasileiro com produção da Conspiração Filmes e ampla distribuição da Globo Filmes. Trata-se de um filme que nos faz refletir acerca de até onde aquilo que vemos (ou percebemos de alguma forma) de fato significa aquilo que diz nossa interpretação. E essa discussão fica ainda mais interessante quando é levada à esfera das redes sociais, onde testemunhamos constantemente uma multidão de indivíduos que se ofendem e se acusam indiscriminadamente.

O tema em questão é super delicado. Nenhum crime é mais repudiado pela sociedade do que o abuso sexual e quando essa questão envolve crianças, a coisa fica MUITO mais séria. Aos Teus Olhos, terceiro longa de Carolina Jabor, vale a pena ser prestigiado principalmente por sua coragem de abordagem. Um filme comprometido em provocar reflexões acerca de nós mesmos, nas relações que estabelecemos e nos comportamentos diante daquilo que suspeitamos. É promessa de uma experiência muito interessante. Bora se programar pra ver?

Cinema brasileiro pelo mundo

Com apoio financeiro da Agência Nacional do Cinema, 22 obras brasileiras participarão ao longo do mês de eventos cinematográficos importantes ao redor do mundo. O BAFICI - Festival Internacional de Cinema de Buenos Aires, que já está em sua 20ª edição e é um dos mais importantes da América Latina, exibirá quatro filmes brazucas em categorias competitivas: “Inferninho” de Gustavo Parente e Pedro Diógenes, “As Boas Maneiras” de Juliana Rojas, “Azougue Nazaré” de Tiago de Macedo e “Os dias sem Tereza” de Thiago Taves Sombreiro. Já o Buenos Aires Lab, uma braço do BAFICI, vai receber os filmes: “Livramento” de Lillah Halla, “Mekukradja” de Simone Giovine e “Los Silencios” de Beatriz Seigner, “A pista de dança”, de Leonardo Mouramateus e “Temporada”, de André de Novais Oliveira. Na Europa, o festival suíço Visions du Réel selecionou para sua amostra competitiva os longas “O Processo” de Maria Augusta Ramos, “Música para quando as luzes se apagam”, de Ismael Caneppele, além do curta “Os que se vão” de Clarissa Campolina e Luiz Prettio. Na Espanha, o Festival Málaga exibirá “Você não me conhece” de Rodrigo Canano Séllos e “João, o Maestro”, de Mauro Lima. O festival português Santa Maria da Feira selecionou as produções “Fala Comigo” de Felipe Sholl, “Travessia” de João Gabriel e “Maria”, de Elen Linth Marques Dantas. Ainda em Portugal, serão exibidos no Indie Lisboa os filmes “Vando Vulgo Vedita”, de Leonardo Mouramateus e Andreia Moreira Pires; “Baronesa”, de Laura Gontijo de Godoy e “Lembro mais dos corvos”, de Rodrigo Carneiro da Silva. Por fim, nos Estados Unidos, a 56ª edição do Festival Art of the Real apresentará os filmes “Baronesa” de Juliana Antunes e “Lembro mais dos corvos” de Gustavo Vinagre.

Cinema sul-mato-grossense em Campão

De ontem à domingo (12 à 15/04) acontece em Campo Grande o Festival Cine Novo Oeste, que traz uma extensa programação de filmes independentes feitos em Mato Grosso do Sul. Mas não é apenas o olhar de realizadores locais que estará sendo exibido a céu aberto na Praça do Rádio, uma vez que o evento promoverá também uma experiência de realidade virtual, exposições de artistas plásticos e oficinas. A programação é toda gratuita e está disponível na fanpage oficial do festival. Dá uma conferida, programa-se e não deixe de prestigiar.


Voltar


Colunista

Danilo Custódio

Danilo Custódio

Cinéfilo desde criancinha. Coordenador e professor na escola de artes visuais e cinema Espaço de Arte.


Saiba mais sobre Danilo Custódio...

Comente sobre essa publicação...