Semana On

Terça-Feira 18.dez.2018

Ano VII - Nº 332

Super Banner na capa e em toda a revista

Coluna Cine Drops

Os exterminadores do além contra a loira do banheiro

A imbecilidade com o trash escatológico gore para forçar o riso

Postado em 28 de Novembro de 2018 - Danilo Custódio

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Um quarteto de amigos céticos e charlatões protagonizam um decadente "reality show" paranormal no Youtube até o dia que recebem um chamado para examinar uma escola. Segundo o diretor, os alunos estariam histéricos com a suposta aparição do fantasma lendário da Loira do Banheiro. Os oportunistas aceitam a proposta para ganhar dinheiro e gravar mais um conteúdo para o programa deles. Mas tudo muda quando, por acidente, eles libertam uma ameaça real e se deparam com o sobrenatural de verdade...

Essa é a premissa de Os exterminadores do além contra a loira do banheiro, que estreia essa semana no circuito comercial tupiniquim. O longa é co-roteirizado e protagonizado por Danilo Gentili, com direção de Fabrício Bittar, que também assina o roteiro. Trata-se de uma mistura mal batida de muitos elementos da cultura pop norte americana, mas que explora um mito brasileiro. Soma-se a isso os principais clichês do cinema trash gore recheado com piadas de humor negro nada ortodoxas, inclusive sobre a pedofilia. Uma verdadeira salada mista, que aposta na imbecilidade de personagens idiotas e em situações escatológicas absurdas para fazer rir. Será que vai agradar?

Cinema autossustentável

Está em fase final de construção o mais moderno, tecnológico e sustentável cinema de rua do Brasil. Ele possuirá sistema de reaproveitamento da água de chuva, usina solar própria para geração de energia fotovoltaica, espaços que incentivam o uso da bicicleta, descarte do lixo eletrônico e até a recarga de carros elétricos. Trata-se de um projeto da Rede Cine A, que escolheu Itajubá, no Sul de Minas, para receber o investimento previsto em R$10 milhões. Segundo a Rede Cine A, é o primeiro cinema autossustentável do Brasil e o complexo contará com quatro salas equipadas com o mais avançado sistema de projeção de som e imagem. A inauguração está prevista para 12 de dezembro.

Enquanto isso, em Brasília

Segue aberta para Consulta Pública a minuta da Agenda Regulatória da ANCINE para 2019-2020. O documento foi aprovado pela Diretoria Colegiada e inclui um conjunto de temas prioritários e estratégicos para o biênio, tornando públicas e previsíveis as principais ações que a Agência pretende pôr em prática no âmbito do setor audiovisual no período. São 13 ações agrupadas em seis temas: ordem econômica; distribuição cinematográfica; exibição cinematográfica; TV paga; financiamento ao setor audiovisual; e registro. Através da Consulta, agentes do setor e sociedade civil podem opinar sobre as ações propostas e também sugerir novas ações a serem colocadas em pauta. Para participar é preciso se cadastrar no Sistema de Consulta Pública, mas os documentos podem ser consultados sem necessidade de cadastro direto na página Consulta Pública.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Danilo Custódio

Danilo Custódio

Cinéfilo desde criancinha. Coordenador e professor na escola de artes visuais e cinema Espaço de Arte.


Saiba mais sobre Danilo Custódio...