Semana On

Domingo 15.dez.2019

Ano VIII - Nº 375

Coluna Conexões

Pílulas do nosense político

Bruno Lima Rocha comenta o cenário brasileiro e mundial.

Postado em 02 de Dezembro de 2016 - Bruno Lima Rocha

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

A coxinhada quer apagar seu passado recente, mas a gente lembra tudo

Para não esquecermos da vagabundagem de elite, que aceita tudo para derrubar um governo eleito que sequer era de "esquerda". Isso lembra o samba de Zé Keti, mestre de nossa cultura (afrocentrada e popular) que dizia: "Marchou com Deus pela democracia e agora chia, chia". Pois é coxinhada, vejam só o que a manipulação fez com nosso país!

De olho

Renan Antônio Ferreira dos Santos, um dos três coordenadores nacionais do MBL (Movimento Brasil Livre), entidade civil criada em 2014 para combater a corrupção e lutar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), está envolvido em problemas na Justiça. Ele é réu em, pelo menos, 16 ações cíveis e mais 45 processos trabalhistas, incluindo os que estão em seu nome e o das empresas de que é sócio. Ele nega irregularidades.

As acusações incluem fechamento fraudulento de empresas, dívidas fiscais, fraude contra credores, calote em pagamento de dívidas trabalhistas e ações de danos morais, num total de R$ 4,9 milhões. Além disso, o movimento está sofrendo uma ação de despejo de sua sede nacional, localizada em um prédio na região central de São Paulo, por se recusar a deixar o imóvel mais de um ano após o pedido de devolução por parte de seu proprietário.

Leia mais aqui

O poder do povo está no próprio povo!

Olha aí! O estado mais seguro do México abalado pelo conflito dos cartéis - alimentado pelo tráfico de armas e infiltrações das agências dos EUa - é CHIAPAS. Lá onde a organização social supera, e muito, a intermediação dos caciques políticos e impede a penetração do narcotráfico e o crime organizado, agora clama por autogestão em larga escala. Muito bom! CHIAPAS ORGULHO DO CONTINENTE!

Leia mais aqui

Não passarão!

Para quem vem da ciência política e tem formação em estudos institucionais, estamos realmente diante de uma ampliação de poderes corporativos e um real e concreto Estado de Exceção Jurídica Permanente. NÃO PASSARÃO!

 


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Colunista

Bruno Lima Rocha

Bruno Lima Rocha

Bruno Rocha é jornalista, mestre e doutor em ciência política pela UFRGS. Está vinculado aos setores mais combativos do movimento popular gaúcho e do cone sul.


Saiba mais sobre Bruno Lima Rocha...